No sábado, o melhor da Virada foi fora dela

Na noite da Virada Cultural, a musicista Badi Assad encantou a plateia em show intimista no Sesc

Por Carolina Bataier

Quem acompanha a Virada Cultural desde o início – a primeira edição, em São Paulo, foi em 2005 – nota a decadência. Em Bauru, a primeira Virada aconteceu em 2007, e as apresentações artísticas naqueles anos varavam a noite, espalhadas entre parque Vitória Régia, Sesc, Teatro Municipal e Estação Ferroviária.

Dez anos depois, as exibições ficaram restritas ao parque Vitória Régia e ao Teatro Municipal, com horários delimitados. Nada de shows pela madrugada, tudo distante da proposta inicial do evento, que é a ocupação de espaços públicos e 24 horas de apresentações artísticas gratuitas. A programação bauruense, já pouco atrativa, tornou-se ainda mais desinteressante devido às intempéries: no sábado, a noite era fria e nublada.

Deu sorte quem escolheu ir ao Sesc ver o show da cantora, compositora e violonista Badi Assad (foto). A apresentação nada tinha de relação com a Virada Cultural, a não ser a feliz coincidência da data. Foi o que salvou a noite de quem esperava boa música e, por acaso ou escolha, marcou presença na plateia do auditório do Sesc. Um show perfeito para uma noite fria: música envolvente e voz gostosa compondo o clima intimista. Entre uma música e outra, Badi conta histórias, como quando conheceu o pagode Vacilão, famoso na voz de Zeca Pagodinho. A letra chegou até ela através de Seu Jorge, quando os dois pegaram um trem juntos após uma apresentação na França.

Vacilão compôs o repertório apresentado no Sesc, numa versão com toque de blues. A interpretação de Badi garantiu o riso do público, que rápido se envolveu e a acompanhou em outras faixas conhecidas, como À Primeira Vista, de Chico César, e nas de autoria da musicista, como a divertida Qualquer Coisa Por Você, que a artista compôs para a filha.

Enquanto Badi cumprimentava os espectadores, tirava fotos e vendias CDs na banquinha do lado de fora auditório do Sesc; no parque Vitória Régia começava o show da cantora e youtuber Mariana Nolasco. Na plateia, adolescentes cantavam os sucessos que a jovem apresenta em seu canal no youtube, onde tem quase 3 milhões de seguidores. Um show bonitinho e despretensioso, como deveria ser. Fica claro que Mariana está começando.

A atração principal da noite ficou por conta da dupla Leo e Júnior, com o melhor do clichê sertanejo universitário. Um show que cumpre a proposta de fazer dançar mas que passa longe de ser o que se espera para uma atração principal de noite de Virada Cultural.

A salvação

Daniela Mercury (214) (1)

Rainha que é rainha não se deixa abalar. E se ela mesma se intitula rainha – numa brincadeira com a música Rainha do Axé, uma das últimas da apresentação de Daniela Mercury, que encerrou a Virada Cultural na noite de domingo – quem somos nós para discordar?

Diante da chuva forte, Daniela entrou no palco pedindo ajuda aos santos do candomblé. Enquanto o público pequeno se escondia debaixo de guarda-chuva, ela cantava clássicos como Nobre Vagabundo e coordenava as coreografias: todo mundo erguendo o guarda-chuva!

Rodopiando num vestido elaborado por ela mesma, a cantora causava efeito extra à iluminação: a cada giro, a água da chuva – que invadiu o palco – se desprendia do tecido e formava ao redor da artista uma barreira de gotas iluminadas.

Quem resistiu não se arrependeu: foi só começar o axé do Nossa Gente, que a chuva deu trégua. Dali pra frente, todo mundo dançou com as músicas novas e os clássicos, mistura que compõe o álbum O Axé, a Voz e o Violão, de 2016. Para encerrar, teve O Canto da Cidade, com a plateia soltando a voz.

O show de Daniela foi permeado de mensagens políticas. Ela falou de liberdade e da força do artista. Numa Virada Cultural esvaziada de público e conteúdo, a música que encerrou o evento não poderia ser outra. A cor de toda cidade são as pessoas que vivem nela.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s