Na praça, um cantinho para a leitura

Bancos, árvores, ar fresco e conversa tranquila. O que mais uma pracinha de cidade de interior pode oferecer? Em Duartina, a 50 km de Bauru, esse espaço de contemplação é também lugar de leitura.

Bastam alguns pedaços de pano, caixotes de madeira, livros e está pronta a biblioteca ao ar livre. É assim que funciona o projeto Livro Vivo na Praça, que acontece todo sábado há mais de um ano por ali.

IMG_5770

Quem passa por lá nas tardes de sábado pode pegar um livro e levar para a casa. Ou ler ali mesmo, em um dos bancos entre as árvores. Tudo gratuito.

À frente do projeto, está a tradutora Ana Paula Viegas, que viu na iniciativa uma forma de suprir a falta de espaço para a leitura, já que a Biblioteca Municipal de Duartina foi desativada há alguns anos.

“Com o fechamento de um importante espaço de leitura, a Biblioteca Municipal de Duartina, à qual todos tinham acesso gratuitamente, os locais de acesso aos livros ficaram cada vez mais restritos ao público em idade escolar. O Livro Vivo na Praça sem dúvida chegou para preencher essa lacuna, mesmo que funcionando apenas uma vez por semana”, explica.

Quando decidiu pôr em prática o projeto, ela usou a internet para pedir doações de livros. Recebeu muitos e hoje o Livro Vivo oferece todos os tipos de histórias: de infantis a clássicos como Machado de Assis e Jorge Amado. Assim, enquanto as crianças brincam e se encantam, os pais e avós também encontram no projeto um cantinho de diversão. E haja diversão!

Afinal, os livros são só uma parte do que acontece por ali…

Brincadeiras
No centro do espaço de leitura, há um papel grande e alguns lápis de cor: é uma tela que convida as crianças a deixarem seus desenhos e soltarem a imaginação. Ao lado, bambolês, cordas e elásticos, para girar, pular, enrolar…

A ideia da organização é proporcionar atrativos para chamar as crianças para o espaço.

“Pensamos nos brinquedos para atrair as crianças e, depois, que elas tenham contato com os livros”, explica Ana Paula.

IMG_5771

Deu certo. Basta passar uns minutinhos por ali que logo aparecem os interessados. Alguns vêm pular corda, outros chegam para devolver livros emprestados e dar uma olhada nos outros títulos disponíveis.

Tem também quem vem oferecer os serviços. O projeto conta atualmente com 15 voluntários, que se revezam em grupos de 3 pessoas a cada sábado. Há ainda os voluntários mirins, que se dividem entre brincar e atender ao público.

E a ideia é crescer cada vez mais. O projeto Livro Vivo na Praça é aberto para todo tipo de contribuição: doações de livros, voluntários para atividades, contadores de histórias ou músicos dispostos a passar uma tarde ao ar livre encantando quem passa pela pracinha central de Duartina. E, claro, é também aberto à todos que queiram sentar nos bancos – ou no chão – abrir um livro e se deixar encantar pelas histórias.

O Livro Vivo na Praça acontece todo sábado, das 15h às 17h, na pracinha central de Duartina. A retirada de livros é gratuita.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s